sobre mim


Bem vinda(o) ao meu blog.
Aqui irei partilhar assuntos sobre o mundo feminino e também pouco sobre "meu mundo".
Sente-te a vontade para partilhares tua opinião.
Espero que encontres o que procuras e que voltes denovo.
xoxo
(ClaudiaRodrigues).
(L)
e-mail :claudiabrito873@hotmail.com

24 de junho de 2015

"SER EMIGRANTE NÃO É FÁCIL"



Bom dia pessoas lindas, hoje queria vos trazer esta mensagem para todos os emigrantes que estão a passar por uma fase difícil, se estamos todos a conseguir é porque somos fortes o suficiente para passar por isto e muito mais.
<3<3
Esta mensagem encontrei pelo facebook e gostei tanto que decidi publicar aqui, se tiverem interessadas lêem senão esperem pelo próximo post :D






(http://jafoste.net/ser-emigrante-nao-e-facil/)

Porque muitos de nós nunca pensamos e reflectimos bem no que é ser emigrante, no quão difícil é essa vida, o que leva algumas pessoas a abandonar o seu país, que sabor têm as férias e
 o regresso aos seus pontos de origem, como é que eles se sentem quando pessoas afirmam que eles se acham superiores somente por estarem no estrangeiro? Como é que eles se sentem quando estão completamente sozinhos, sem ter um familiar do outro lado para os guiar e apoiar? Do que é conseguir viver e lidar com outra cultura, outra língua, com outros tipos de comida e com as muitas saudades do que ficou no seu país?
Muitos queixam-se por trabalharem em diferentes zonas do país e por só poderem ir a casa durante o fim-de-semana, imaginem o quão doloroso é para quem está a muitos milhares de quilómetros de distância da sua casa, país e família. Aposto que alguns de nós nunca pensou e se imaginou realmente nessa vida, na vida de um emigrante.
Desengane-se aquele que pensa que a vida de emigrante ou da família de um emigrante é uma vida fácil. Muito pelo contrário! De facto, só quem passa e sofre com isso é que sabe o quão difícil é estar longe daqueles que mais amamos.
Nada deve ser tão difícil quanto deixar tudo para trás e ir para outros países longe do nosso e lutar pela própria vida e também pela vida da sua família, nada é tão difícil como afastar famílias, mães e esposas que sofrem a ver os seus filhos e maridos partir para longe dos seus braços sem nada poderem fazer, nada deve ser tão difícil como ver filhos, irmãos, netos, e sobrinhos crescerem a distância sem poderem estar mais perto e mais presentes na vida deles porque o seu país não teve condições de não os deixar partir, nada deve ser tão difícil como contar os dias que faltam para as férias de verão, para finalmente poderem regressar ao país que trazem no coração, ao seu cantinho, nada deve ser tão difícil como “matar” saudades e ter conversas por um computador ou telefone quando o maior desejo era entrar por eles a dentro e estar ao lado dos que lhes são mais queridos sem nunca os ter de abandonar.
Nada deve ser tão difícil como ser obrigado a lutar pela vida longe da sua casa, da sua terra e do seus país, como ser obrigado a trabalhar de manhã á noite e passar sacrifícios sem se poder queixar, nada deve ser pior e tão difícil como ser obrigado a fazer-se de forte e a pensar positivo quando chega a hora da partida para longe de tudo o que lhe pertence.
Vida de emigrante não é fácil, não é uma vida de luxos e extravagâncias como muitos pensam. É preciso ter muita coragem, força e determinação para deixar tudo em busca de uma vida melhor num país que não é o seu.
Podem acreditar que só quem está e passa por uma situação dessas é que sabe o enorme sacrifício que se faz. Eles não vivem, apenas sobrevivem, eles podem estar lá, em outros países mas o coração deles está aqui, no seu verdadeiro cantinho!
Este mundo está cheio destes heróis e heroínas, emigrantes e imigrantes, homens de H grande e mulheres de M grande que lutam pela vida.
A todos esses Homens e Mulheres de letra grande eu desejo a maior sorte, felicidade e força do mundo para mais estes meses de luta, e dou os meus parabéns pelas pessoas de força, garra e coragem que vocês são, vocês são motivo de orgulho, vocês são mesmo muito grandes! Tenho dito.

Espero que tenham gostado apesar de não ter sido escrito por mim, sei que muitas de nós passamos pelo mesmo.
Não estou aqui a tentar enganar vocês com o post dizendo que eu própria o fiz, foi copiado sim e está em cima o link por isso acho que compreendem.
beijos <3

30 comentários:

  1. Que excelente gesto da tua parte !
    Só de pensar até arrepia

    http://princesasemtiara.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  2. É, aquela máscara é mais ou menos...

    Bem legal o texto. Adorei!

    Ótimo sábado!

    Beijo! ^^

    ResponderEliminar
  3. me identifiquei muito com o trecho "eles podem estar lá, em outros países mas o coração deles está aqui, no seu verdadeiro cantinho". eu mudei só de cidade, mas já sinto falta de tudo. posso imaginar como é mudar de país.

    ResponderEliminar
  4. Gostei muito do texto, nunca passei por isso e espero não ter de vir a passar, desejo-te muita sorte e muita força pois acredito que não é nada fácil ser emigrante.
    Beijinhos
    http://virginiaferreira91.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Adorei o texto! "Do que é conseguir viver e lidar com outra cultura, outra língua, com outros tipos de comida e com as muitas saudades do que ficou no seu país"? Pra mim, ainda está sendo um pouco difícil..o país em que estou morando é lindo, tranquilo, mas me falta todas estas coisas: família, a comida, cultura.. Como diz no texto: É preciso ter muita coragem, força e determinação ...e é isso que procuro ter todos os dias! Beijos e bom Domingo!

    ResponderEliminar
  6. There is nothing to add to this wonderful post, Claudia. The one who wrote this did a remarkable job. All that is left to say is *Home is where the heart is*
    Happy Sunday, sweetie
    kisses
    Lenya
    FashionDreams&Lifestyle

    ResponderEliminar
  7. Eu tenho super vontade de conhecer novos povos, mas o medo de novas surpresas sempre me prendeu, realmente não deve ser fácil rsrs

    Bjs
    Diva de Brechó

    ResponderEliminar
  8. A saudade é o problema maior de qualquer distancia.
    Tem postagem nova no meu blog, passa lá.
    Meu Blog: ➥ Plantão da Beleza
    Lojinha de Templates: ➥Lojinha Blog Chic
    Meu Instagram➥@simarapink
    Meu Canal no Youtube: ➥ Vídeos do Canal
    ✿.♥.✿.♥.✿.¸.•*¨*•►BeijosssssssssSimara Pink ♥♥♥♥♥♥

    ResponderEliminar
  9. Texto maravilhoso. Por acaso já conhecia!
    beijinhos
    http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Eu graças a Deus nunca precisei me mudar de lugar, mas me solidarizo muito com quem precisa. Esse texto é incrível, serve de reflexão por que aqui no Brasil temos um grande centro que recebe pessoas de vários lugares tanto de dentro do Brasil quanto de fora. Tenha uma semana abençoada, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  11. Ótimo esse texto, adorei!
    www.espacegirl.com

    ResponderEliminar
  12. Texto maravilhoso amei,
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=eNNlFtDc1-o
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  13. Texto maravilhoso eu amei, não deve ser fácil mesmo, como disse o texto são mulheres com M e Homens com H
    beijos http://www.blogdaxavier.com.br/

    ResponderEliminar
  14. Imagino que não deve ser fácil mesmo deixar tudo para trás. Aqui no Brasil acontece muito disso, meus pais mesmo se conheceram na cidade de São Paulo após ambos saírem de suas cidades em busca de uma vida melhor.

    Aproveitando, outro dia vc me perguntou onde encontro os micos, rsrs. São em vários sites diferentes, na maioria das vezes, nem vou atrás, eles que aparecem, hahaha.

    Beijos.

    Anete Oliveira
    Blog Coisitas e Coisinhas
    Fan Page Coisitas e Coisinhas

    ResponderEliminar
  15. Que texto lindo =)
    Beijinhos**

    http://friendshipandstyle.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  16. Olha, morei só 6 meses no México... mas posso dizer que senti na pele o que é estar longe da família, pq por muito ou pouco tempo, eles sempre nos fazem falta né.

    Isso sem falar nos outros tipos de dificuldades que a gente passa. Mas no fim tudo dá certo :)

    Beijo sua lindaaa !

    | O Blog Que Não é Blog |

    | Esmalteca 230 |

    ResponderEliminar
  17. Estou a seguir o blog, segue de volta? :)

    http://filipa-goncalves.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  18. Oii, estou passando aqui pra te convidar para participar do sorteio que está rolando lá em meu blog.

    http://pitangarosaa.blogspot.com.br/

    Beijos! ♥

    ResponderEliminar
  19. r: muito obrigada <3

    xoxo, http://eighteenshadesofglitter.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  20. Gostei tanto que resolvi
    seguir seu blog. Será que
    você vai gostar a ponto de
    seguir o meu?

    Beijos e parabéns pela página.




    .

    ResponderEliminar
  21. É bastante difícil deixar a vida que temos e rumar a outra local/país. Depois damos valor a pequenas coisas que estávamos tão habituados! Mas para um futuro melhor tem de ser e é preciso ser muito forte
    ***

    ResponderEliminar
  22. Já não é o primeiro texto que leio sobre este assunto que me comove, se quiseres posso enviar-te o link dos outros dois textos que já li para também os poderes ler.
    Não sou emigrante, felizmente, mas sei reconhecer o quanto é complicado sobreviver lá fora. Não sou uma pessoa que diga "não, não, não quero emigrar.", se um dia fizer falta irei para fora, mas enquanto me mantiver cá dentro e se o meu país me oferecer as condições necessárias futuramente ficarei. Embora reconheça que o mais provável é em breve ter que partir.
    É triste ver amigos partirem, é arrebatador saber que o que eles queriam era ficar. Mas é a vida.
    Beijo.
    http://mariacrescida.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Várias vezes lembro-me do que escreveste e dos outros dois textos qie também li e já se passou alguns meses...

      Eliminar
  23. Ola!
    Adoravel o seu blog.
    Ja seguindo
    a aguardo la no Espelhando.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar